Bom dia, Seja bem vindo - Quinta-Feira, 24 de Agosto de 2017 - Aracaju - SE
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
O Jornal
  QUEM SOMOS
  DESTAQUES
  POLÍCIA
  ESPORTE
  POLÍTICA
  CIDADES
  GALERIA DE FOTOS
  ANUNCIE CONOSCO
  FALE CONOSCO
 
Enquete
Padre Inaldo vai fazer uma boa adminitração em Socorro?
 
De jeito nenhum
 
Claro que sim
 
Não sei
 
 
Quinta-Feira, 24 de Agosto de 2017

home / esporte
Sergipe é campeão da Taça Governo do Estado

18/02/2013 09:28:18
Tamanho da letra


Torcida colorada grita "É Campeão!" após 10 anos na fila
Créditos: Portal Infonet

Torcida colorada compareceu em bom número e bateu recorde de público no Batistão em 2013

Deivid, um dos destaques do Sergipe na competição, foi o autor do gol do título

Equipe de Givanildo Salles agora se prepara para o Campeonato Sergipano, em busca da vaga na Série D e na Copa do Nordeste 2014

Demorou, mas chegou. Com um segundo tempo que parecia não ter fim, a torcida colorada finalmente pode ouvir o apito final de uma partida que decretaria um título após 10 anos na fila. Com um gol de pênalti de Deivid, o Sergipe empatou com o River Plate dentro do Batistão, e se beneficiou da vitória magra por 1x0 nos domínios do adversário na primeira partida.

O Sergipe, empurrado por cerca de 5.600 torcedores, mandou no jogo e tomou todas as iniciativas, mas teve um paredão chamado Pablo à frente. O goleiro evitou diversas vezes o segundo gol da equipe colorada, mas não pôde fazer tudo sozinho. A ineficiência do ataque do River fez com que o goleiro saísse sem o título, mesmo com uma atuação impecável.

O River Plate teve problemas para a partida.  Dario Lourenço caiu por desentendimentos com elenco, e Jorge Replay assumiu equipe. O Sergipe vinha invicto no torneio com 5 vitórias e dois empates e tentava na frente da sua torcida conquistar o tão sonhado título.

O jogo



Os primeiros 5 minutos já tiveram o que o primeiro jogo da final: toque de bola e raciocínio. O River chegava ao ataque trabalhando bem as jogadas, apesar da forte marcação aplicada pela equipe colorada. Fábio Jr sofreu falta na entrada da área e, em jogada ensaiada, Leandro Kivel soltou um foguete no canto direito de Marcão. O River abria o placar logo no início da partida, eram apenas 10 minutos jogados.
Com o gol sofrido o Sergipe acordou para o jogo. Almir Sergipe recebeu na entrada da área e bateu de giro, a bola passou muito perto. Aos 16, Fabio Jr respondeu para o River, arriscando de longe e mandou por cima do gol. Enquanto isso o Sergipe investia nas jogadas pela direita se utilizando da velocidade de Carlinhos. A equipe colorada, no entanto, tinha dificuldade de bater em gol.

O River recuou, esperando as chances do contra-ataque. Com maior posse de bola, o Sergipe chegava mais. Aos 23 minutos, Nivaldo recebeu belo passe de Itamar dentro da área, girou, mas bateu muito forte.

Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Nivaldo e Fabinho, que entraram na área trocando passes até a falta em cima do atacante colorado dentro da área. O juiz marcou pênalti, convertido com precisão por Deivid. 1x1.

Além do gol, o River teve outra má notícia. Lendro Kível sentiu a coxa e foi substituído por Robson. Lelê tambem saiu, para a entrada de Ricson.

O Sergipe cresceu com o gol partiu para cima. Rodrigo, Deivid e Fabinho Cambalhota tiveram boas chances seguidas, mas não coneguiram virar o jogo para tranquilizar a torcida.

O River, claramente confuso na partida com a perda de dois jogadores, parecia esperar o término da primeira etapa para se arrumar. O Sergipe ia para cima e após o escanteio, aos 43 no bate-rebate a bola sobrou para Carlinhos bateu de trivela, a bola encobriu Pablo, mas bateu no travessão e não entrou.

Segundo tempo, blitz colorada e redenção



Os times não tiveram mudanças para o segundo tempo. Mas o Sergipe apareceu melhor, buscando logo o segundo gol, para evitar maiores sustos. No primeiro lance Fabinho Cambalhota bateu da entrada da área e mandou muito perto do gol. No minuto seguinte foi a vez de Carlinhos receber dentro da área, mas foi abafado por Pablo.
O Sergipe ainda teve outra chance quando Carlinhos cruzou, mas Fabinho não conseguiu chegar a tempo. Logo depois, aos 11 minutos, após cobrança de escanteio, Pablo opera um milagre defendendo duas bolas praticamente em cima da linha.

Aos 13, boa trama dentro da área, Rafael bateu para mais uma defesa de Pablo. O Sergipe tinha todo o domínio da partida e o River não conseguia nem chegar ao ataque. O seu primeiro chute só aconteceu aos 17 minutos em chute sem perigo de Everton.

O jogo deu uma esfriada após o vigésimo minuto. O treinador Givanildo Sales mexeu no meio campo, tirando Almir e colocando o jovem Muribeca, afim de dar mais movimento na armação. O River também mudou tirando Wendel e colocando Glauber, sem muito sucesso.

Muribeca, que tinha acabado de entrar, na sua primeira chance acertou o travessão de Pablo. Aos 35 minutos o jogo era todo do Sergipe. A partir daí o vermelinho apenas dominou a partida. O River pouco conseguiu chegar à frente.

Ao término da partida o clima foi de muita emoção no estádio Lourival Batista. Torcedores entravam no campo para comemorar o fim de um jejum de 10 anos sem títulos. Um bandeirão foi estendido e jogadores e torcedores se confundiam em meio à massa de emocionados.
O Sergipe sai da fila e agora entra com tudo na disputa do Campeonato Sergipano de 2013, quando terá pela frente outros dois poderosos adversários: Confiança e Itabaiana entram no torneio após a Copa do Nordeste, e se somam às equipes que disputarão não apenas o título em campo, mas a qualidade de grande torcida do futebol sergipano neste ano.

Ficha Técnica

 

SERGIPE: Marcão, Carlinhos, Itamar, Claudio, Deivid; Leo, Rodrigo (Lelo), Rafael, Almir (Muribeca); Nivaldo e Fabinho. Técnico: Givanildo Sales
RIVER: Pablo, Magro, Bira, Márcio, Nilton; Wallace, Fabio Jr., Lelê (Riicson), Everton; Kível (Robson) e Wendel (Glauber). Técnico: Jorge Replay
Gol: River: Leandro Kível, aos 10 do 1º tempo; Sergipe: Deivid, aos 25 do 1º
Cartões: Sergipe: Carlinhos e Rodrigo; River: Nildo, Fábio Jr.
Árbitros: Claudionor dos Santos Jr.; José Carlos Vieira e Fernanda Francielle Lima. 4o - Jonaldo Alves.

Por Irlan Simões, Infonet.

       
09/01 - Sergipe perde amistoso para Coruripe em Alagoas
06/05 - É campeão
29/07 - Seguem as aulas da Escolinha “Dragão 10”
01/03 - Grande clássico sergipano marca aniversário de Aracaju
01/03 - Meia Washington é o mais novo contratado do Itabaiana
21/02 - Itabaiana vence o Boca Júnior por 5 x 0
18/02 - Sergipe é campeão da Taça Governo do Estado
15/02 - Sergipe vence River e larga na frente na final
07/02 - Confiança perde e é eliminado no Nordestão

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
l
l
l
l
                     
 
l
l
l
l
l
l
l
l
l  
 
© COPYRIGHT 2010 - GRANDEARACAJU.COM.BR - Todos os direitos reservados.
Contato: (79) 9975 - 8137